Grande - Política
Mobile - Política

Além de liderar nas pesquisas para presidente, Bolsonaro também lidera doações online

Veja o Ranking de arrecadações online, que é um forte indicativo do apoio popular

Líder nas pesquisas eleitorais, Bolsonaro arrecadou R$ 2,6 milhões com 19.599 doadores.  Amoêdo, que participa de uma eleição pela primeira vez e fundou o Novo, conseguiu R$ 581 mil com 5.665 apoiadores. Veja o lista:

Jair Bolsonaro (PSL) – R$ 2.601.402 – 19.599 doadores

A notícia continua após a publicidade

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Cidade

João Amoêdo (Novo) – R$ 581.550 –  5.665 doadores

Fernando Haddad (PT) – R$ 520.061,49 – 3.480 doadores

Marina Silva (Rede) – R$ 462.420 – 3.671 doadores

Ciro Gomes (PDT) – R$ 347.998 – 3.886 doadores

Guilherme Boulos (PSOL) – R$ 117.717 – 1.506 doações

Alvaro Dias (Podemos) – R$ 25.857 – 149 doadores

João Goulart Filho (PPL) – R$ 2.960,00 – 13 doadores

Vera Lúcia (PSTU) – R$ 2.800 – 26 doadores

Geraldo Alckmin (PSDB) possui uma página de arrecadação, mas não informa o total recebido dos 330 doadores. Segundo assessoria da sua campanha, ele recebeu R$ 66 mil com financiamento. Alckmin tem o maior tempo disponivel na tv, justamente por ter feito acordos com diversos partidos e ter recebido farto dinheiro do fundo partidário, cerca de  R$ 828 milhões, já o  PT de Fernando Haddad, vai usar R$ 270 milhões do dinheiro público na campanha.

Com cerca de apenas 8 segundos em cadeia nacional durante o período de propaganda eleitoral,  e abrindo mão de coligações e do fundo partidário( algo em torno de três milhões), Jair consegui conquistar a confiança de tanta gente que quase igualou o valor que receberia do fundo partidário que  exemplarmente dispensou.


Grande - Política
Mobile - Política



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Maria Bonita
Mobile - Maria Bonita