Grande - Cidade
Mobile - Cidade

Anvisa proíbe venda de produto para acne

A cosmético para espinhas Acnezil, do grupo Cimed, não pode mais ser comercializado no Brasil. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou que o produto não se enquadra como gel ou loção, como informa a embalagem.

Por isso, a empresa está proibida de fabricar ou distribuir o cosmético. A medida foi publicada no Diário Oficial da União e vale a partir de hoje. Segundo o laboratório, o Acnezil tem efeito inflamatório e antibacteriano.

No mês de maio, a Anvisa proibiu a comercialização de outros cinco produtos: água sanitária da Ideal Limp, condicionadores infantis da marca Cocoricó, paçocas da marca Dicel, medicamentos para esquizofrenia e outros medicamentos da Vic Pharma.

O produto, vendido na forma de creme, não pode ser fabricado ou distribuído (Foto: divulgação)
O produto, vendido na forma de creme, não pode ser fabricado ou distribuído (Foto: divulgação)

A notícia continua após a publicidade

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Cidade

Grande - Saude
CATAVENTO - Gif



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Qi
Mobile - Maria Bonita