Grande - Cidade
Mobile - Policial

Apesar de usar arma não registrada em crime, homem que matou jovem é liberado

Conhecido vulgarmente como Tonho Marco,  o vereador Antônio Marcos Silva matou a tiros o próprio sobrinho no último sábado. O crime aconteceu durante uma confraternização familiar na zona rural de Mata dos Lemos.  Segundo testemunhas o crime teria começado por causa de uma discussão a cerca de uma  manada de porcos que havia invadido a propriedade do vereador.  O vereador de Pedra do Indaiá estava embriagado e teria se irritado com o sobrinho de 21 anos.

Após a discussão ele saiu de carro e voltou armado com uma espingarda, efetuando vários disparos no jovem, que veio a óbito. Uma outra pessoa teria ficado ferida, porem não corre risco de vida.

Tonho Marco se apresentou a delegacia, foi ouvido e liberado, apesar de a arma do crime ser ilegal. Ele ainda teria ficado ferido durante uma briga quando chegou armado no local da tragedia. Seu pai teria tentado impedir a ação homicida do filho.

A notícia continua após a publicidade

CATAVENTO - Gif

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Maria Bonita

Dor e comoção de familiares e amigos da vítima puderam ser observadas na cidade de Dores do Indaiá.

 


Grande - Catavento
Mobile - Policial



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Qi
Mobile - Maria Bonita