Confira as atrações confirmadas para a FLID 2017

A Festa Literária de Divinópolis (FLID) caminha para seu quarto ano de sucesso. O evento literário é composto por dias de exposições artísticas, palestras e shows realizados na espaço da Usina Gravatá, no bairro Santa Clara. A festa é uma tradição no calendário cultural de Minas Gerais e a cada ano atrai mais pessoas de variadas cidades.

Em 2017, a FLID ocorrerá nos dias 25, 26 e 27 de agosto. Confira os nomes dos autores convidados que já confirmaram presença:

Reinaldo Figueiredo

 

A notícia continua após a publicidade

Grande - Qi

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Maria Bonita

 

 

Reinaldo Figueiredo: carioca nasceu no Rio de Janeiro, humorista, cartunista, músico e escritor. Trabalhou no semanário de humor O Pasquim até 1985. Junto à dupla de humoristas Hubert e Cláudio Paiva, criou o tablóide O Planeta Diário – cujo slogan era: “Um jornal sem o menor compromisso com a verdade”. Conhecido por integrar o programa de humor Casseta & Planeta, Urgente! na TV Globo durante 18 anos. Toca contrabaixo no Quarteto Estadual de Jazz, com o qual se apresenta pelo Brasil e apresenta o programa A volta ao Jazz em 80 minutos, na Rádio Batuta do Instituto Moreira Salles. É autor livros: Escândalos Ilustrados, Desenhos de Humor, Noites de Autógrafos e A Arte de Zoar. É colaborador de publicações como o jornal O Globo e a revista Piauí.

 

Olavo Romano

 

 

Olavo Romano: escritor e contador de casos, mineiro de Morro do Ferro, distrito de Oliveira, bacharel em Direito. Autor dos livros Casos de Minas, Minas e seus casos, Dedo de prosa e Prosa de mineiro, Os mundos daquele tempo, Um presente para sempre, Memórias meio misturadas de um jacaré de bom papo e Eta mineiro jeito de ser. O conto Como a gente negoceia gerou o curta-metragem Negócio Fechado, premiado no Festival de Gramado de 2001. Participa ativamente de grupos de contadores de história e tem parcerias com diversos músicos mineiros.

 

Túlio Damascena

 

 

Mineiro de Sabará, é o criador do Projeto Borrachalioteca (biblioteca formada no interior de uma borracharia, onde as pessoas trocam pneus por livros) e da iniciativa do grupo Arautos da Poesia, grupo que envolve crianças, jovens e adultos em recitais e intervenções poéticas em eventos e espaços públicos. É integrante da Rede de Leitura Sou de Minas, Uai e da Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias – RNBC, além Programa Prazer em Ler – do Instituto C&A. É ganhador dos Prêmios Viva Leitura (2007) e Prêmio Bom Exemplo (2017) e organizador da Flis – Festa Literária de Sabará.

 

Rodrigo Robleño

 

or

 

Rodrigo Robleño: paulista, formado em teatro universitário, escoteiro. Mais conhecido como o Palhaço Viralata. Atuou no Cirque du Soleil com a turnê mundial do espetáculo Varekai, no grupo Armatrux e em vários festivais no Brasil. Além de palhaço, trabalha com bonecos, teatro, TV e cinema. Com longa experiência fora dos palcos, é professor (de teatro, técnicas circenses e palhaço), autor e diretor (para TV, cinema e teatro), além de oferecer palestras e serviços de curadoria e produção para festivais de teatro e eventos. É autor do livro Viralata: o Palhaço Está Solto, uma autobiografia. Lançará na Flid uma nova obra, agora para o público infantil.

 

João Marcos

 

jm

 

João Marcos: mineiro, de Ipatinga. Mestre em Artes Visuais pela UFMG, é professor, ilustrador chargista, além de roteirista da Turma da Mônica. Faz pesquisas sobre o uso das histórias em quadrinhos na Educação, trabalho que já lhe rendeu o troféu HQ Mix e resultou no livro Traça Traço Quadro a Quadro. É autor de vários livros para crianças, entre eles, O Mundo Mendelévio e o Planeta Telúria, Amarra meu cadarço?, Coleção História Bíblica em Quadrinhos, Jarbas não quer voar e Histórias Tão Pequenas de Nós Dois. É youtuber e criou o canal Traça Traço, onde ensina aos internautas mirins a desenharem de forma divertida.

 

Ronaldo Simões

 

rr

 

Ronaldo Simões Coelho: escritor, psiquiatra, mineiro de São João del-Rei. É também escritor de literatura infantil, com mais de 40 livros infanto-juvenis publicados. Alguns de seus livros foram recomendados pela Biblioteca Internacional da Juventude de Munique e publicados em países de língua espanhola. É autor de obras como Macaquinho, Doido Varrido, Pérola Torta, Nascer Sabendo, Conversa vai, conversa Vem, O Caso dos ponteiros do relógio, Ratinhos, A Pedra com o Menino, Todo livro ama as crianças, entre outras, premiadas e publicadas no exterior.





Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Qi
Mobile - Maria Bonita