Chapéu e Cabelo fazem parceria poética peculiar

Ex integrantes da banda Dias de Truta, tem se consagrado com músicas e vídeos para cerimônias e propostas de casamento

“Estamos mostrando para as pessoas a poesia que existe na vida delas”, relata a dupla divinopolitana, que tem investido em músicas personalizadas para casais. A nova aposta na carreira tem feito o maior sucesso e o resultado é a entrega de composições que emocionam.

Chapéu e Cabelo são músicos, compositores e eram integrantes da Banda Dias de Truta. Por 12 anos eles participaram da rotina de shows do grupo em eventos diversos e casas noturnas. Sempre investindo em composições eles resolveram deixar a banda, em 2016, para investir na carreira como dupla e, desde então, estão se reinventando para entregar ao público poesia em forma de música.

O mais recente salto na carreira foi o investimento no mercado de casamentos, em que eles produzem músicas personalizadas onde são contadas as histórias dos casais e que geralmente, são apresentadas na festa do grande dia. Um verdadeiro presente para os noivos, convidados e ainda para a dupla, que vê em cada trabalho finalizado a realização pessoal.

“É gratificante saber que temos capacidade de levar alegria e sentimentos em forma de música. De uma certa forma fazemos parte dos momentos especiais das pessoas que chegam até anos pedindo composições personalizadas. Somos nós falando da vida de outra pessoa e proporcionando a elas sentimentos profundos que marcam para sempre”, disse Cabelo.

Chapéu e Cabelo se inspiram nas histórias dos casais para dar a elas a musicalidade perfeita, aquilo que de fato, mexe com memórias e sentimentos guardados. Por isso, quando o trabalho fica pronto, é impossível segurar a emoção.

“Quando a gente faz uma música nossa, a gente espera que as pessoas se identifiquem com aquilo que estamos cantando. Quando a gente capta a história da pessoa a gente já tem a certeza que ela vai se identificar e assim a gente consegue mostrar para essas pessoas a poesia que existe na vida delas”, destacou Chapéu.

Produções audiovisuais

Além das músicas, eles também produzem vídeos com fotos dos casais. O material pronto tem o nome de Lyric Clipe e neste tipo de trabalho entram imagens e a letra da música em forma de animação. Tudo isso reforça ainda mais a emoção das histórias, como contam os músicos.

No último mês a dupla ajudou o fisioterapeuta Paulo Henrique Silva a produzir o pedido de casamento para a noiva Flávia Oliveira. O casal é de Abaeté (MG) e Paulo conta que o queria mesmo, era um show com a dupla no casamento. No entanto, não havia agenda disponível e os músicos surpreenderam mostrando a ele o que seria possível fazer para emocionar Flávia.

“A ideia inicial era só eles tocarem no meu casamento. Não sabia desse trabalho personalizado. Já tinha marcado o casamento sem o pedido oficial, inclusive. Mas eles não tinham a data disponível e aí eles me mostraram o trabalho personalizado da música mostrando as possibilidades e uns dois dias depois eu tive essa ideia do pedido. Porque até então não havia feito o pedido de casamento ainda. Depois da música pronta tivemos essa ideia de produção do pedido de noivado em uma pousada, que foi emocionante e marcou nossa vida pra sempre”, disse.

O pedido de casamento registrado em vídeo foi um marco na história do casal. Para que tudo desse certo foi preciso executar um plano milimetricamente elaborado como explicam os músicos.

Já imaginou como fazer seu pedido de casamento?

Nós fizemos a música personalizada com a qual o Paulo pediu a Flávia em casamento. Então nós fomos para a Pousada Alma Serra Vila em Tiradentes/MG para ajudá-lo a produzir também o pedido. O resultado você confere nesse filme do Diogo Chaves Filmes.

Posted by Chapéu e Cabelo on Wednesday, 30 October 2019

“Ele ainda não havia feito o pedido de noivado oficial e aproveitamos esse gancho para sugerir o pedido especial. Primeiramente fizemos a música da história dos dois. Em seguida, preocupados com a entrega decidimos produzir o pedido. Lavemos o casal para uma pousada e sem que a Flávia soubesse de nada produzimos tudo. Foi um verdadeiro teatro. Tivemos que fingir que eu era o dono da pousada e dissemos que havia no local uma equipe de filmagem, mas que eles poderiam ficar a vontade. Em um determinado momento ele chamou ela para mostrar um vídeo e o vídeo era o pedido de casamento com a letra da música personalizada,. Foi definitivamente uma emoção gigante”, contou Chapéu.

“A gente vive a cada momento desse a sensação de dever cumprido, só que mais do que isso, é como se a gente fizesse parte daquele momento. A gente se conecta com a história com o sentimento de cada casal”. finalizou Cabelo.





Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Qi
Mobile - Maria Bonita