Grande - Catavento
Mobile - Policial

Em um trânsito que mata cerca de 50 mil e deixa quase meio milhão com sequelas por ano, SAMU e Bombeiros fazem treinamento integrado

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e o Corpo de Bombeiros de Divinópolis realizaram nesta quinta-feira (12) o primeiro treinamento integrado do segundo semestre deste ano. O mesmo treinamento será realizado nos municípios onde se localizam as demais frações dos bombeiros, onde também há bases descentralizadas do SAMU no Centro-Oeste. A capacitação visa o aperfeiçoamento nas técnicas para atendimentos das duas instituições que prestam atendimentos em conjunto na região.

O coordenador do SAMU José Marcio Zanardi ressaltou a importância da união das equipes e principalmente a parceria dos bombeiros, firmada por meio de um convênio. “Desde o início da implantação do SAMU estamos trabalhando com a presença dos bombeiros em todos os nossos encontros e reuniões. Na medida em que o SAMU começou seu funcionamento nós assinamos o convênio de integração, que significa também ter dois oficiais militares dentro da Central de Regulação, de forma que a gente possa otimizar os atendimentos. Essa integração vai além e se estende aos treinamentos em conjunto. Quem tem a ganhar com isso é a população do Centro-Oeste que tem duas instituições unidas com o único objetivo, que é salvar vidas”, disse.

O treinamento desta quinta-feira trabalhou o módulo ‘Resgate Veicular’ e segundo o tenente do Corpo de Bombeiros Márcio Túlio de Oliveira Silva, a escolha do tema se deu justamente por conta da demanda deste tipo de atendimento, que tem sido cada vez mais frequente para as duas equipes.

A notícia continua após a publicidade

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Maria Bonita

“A gente escolheu este tema devido à demanda de ocorrências operacionais envolvendo acidentantes automobilísticos e com motocicletas. Estes treinamentos visam sobretudo, aprimorar a qualidade de nossos atendimentos”, reforçou o tenente. “Com esta ação a gente cria um grupo nivelado, com as mesmas ideias e trabalhando junto.

Seguimos a mesma doutrina, mas, nem sempre o mesmo pensamento, quando a gente nivela estes pensamentos a agente sabe o que o outro vaio fazer no momento do atendimento e isso é muito importante”, destacou o soldado Frederico Francino.

O técnico de enfermagem Wagner de Oliveira disse que as equipes precisam estabelecer metas e parcerias sempre, portanto, a colaboração entre as duas equipes é de suma importância.

“Principalmente tendo em vista a capacidade técnica de cada instituição. Salientando ainda, que os atendimentos são complementares, ficando o SAMU com atendimentos à vítima e estabilização da mesma e o Corpo de Bombeiros com questões técnicas como resgate em altura, em locais com chamas, na selva e assim por diante”, disse o técnico de enfermagem Wagner Oliveira.

Para o controlador de frota do SAMU, Marcel Júnior, o treinamento integrado favorece no alinhamento entre as duas equipes para que juntas possam prestar o melhor atendimento a quem necessita. “É um alinhamento entre as instituições e isso é muito importante, porque atuamos sempre em conjunto. E é como eu sempre digo, na hora do atendimento não existe Corpo de Bombeiros e SAMU, existe a unção de duas instituições que trabalham diretamente no resgate para proporcionar um atendimento de qualidade para a população. No caso do aprendizado, para nós foi muito importante, mesmo que cada ocorrência tenha suas particularidades temos sempre que prezar por atender com qualidade e com segurança”, salientou.

A coordenadora do Núcleo de Educação Permanente (NEP) Larissa Martins, agradeceu a presença dos 55 profissionais que participaram do curso em Divinópolis e também falou da necessidade de treinar cada vez mais as duas equipes para ações conjuntas. “O SAMU necessita muito da parceria dos bombeiros e é importante este trabalho integrado para que todos tenham ciência e aprendam a visualizar a cinemática do trauma e assim prestar o atendimento à vítima de forma que seja o mais adequado possível”, finalizou.

Por: Anna Lúcia Silva

 


Grande - Cidade
Mobile - Cidade



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Maria Bonita
Mobile - Maria Bonita