Grande - Cidade
Mobile - Qi

Empresas precisam se preparar para entrada do eSocial

O eSocial para empresas que tiveram faturamento superior a 78 milhões de reais entra em operação na próxima segunda, dia 8 de janeiro. Elas fazem parte do primeiro grupo que é obrigado a incluir informações fiscais, previdenciárias e trabalhistas no sistema digital do governo. Com isso, espera-se unificar os informes de forma digital e tornar a fiscalização do cumprimento da legislação mais efetiva. Em julho, será a vez das demais, incluindo as pequenas e o Micro Empreendedor Individual (MEI). O prazo final é janeiro do próximo ano com os órgãos públicos.

 

“Acredita-se que muitas empresas estejam preparadas para utilizar o sistema, mas os desafios são a inclusão dos dados de forma correta e o investimento em tecnologia, treinamento e organização dos dados da folha de pagamento.

 

A notícia continua após a publicidade

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Maria Bonita

Será um teste para o governo e as companhias que possuem grande quantidade de dados. Será um momento de ajustes. A não inserção dos dados no prazo poderá acarretar em contingências. O grande desafio será para o segundo grupo formado pelas pequenas e médias empresas.”, afirma o sócio da KPMG, Valter Shimidu.

 

O sistema do e-Social possui cerca de 45 tabelas e 1.900 campos de conteúdo a serem preenchidos com dados referentes a quatro temas: recursos humanos, fiscal, jurídico, saúde e segurança do trabalho. Segundo o sócio, a inserção de informações das empresas no e-Social trará uma série de desafios para as empresas.

 

“Além da necessidade de revisar os processos tributários, trabalhistas e previdenciários para assegurar a conformidade em relação aos requerimentos legais, as empresas terão ainda que realizar uma mudança de cultura e de processos internos já que a alteração dos eventos deverá ser reportada imediatamente”, explica o sócio.

 

Sobre a KPMG

A KPMG é uma rede global de firmas independentes que prestam serviços profissionais de Audit, Tax e Advisory. Estamos presentes em 155 países, com mais de 174.000 profissionais atuando em firmas-membro em todo o mundo. As firmas-membro da rede KPMG são independentes entre si e afiliadas à KPMG International Cooperative (“KPMG International”), uma entidade suíça. Cada firma-membro é uma entidade legal independente e separada e descreve-se como tal.

No Brasil, somos aproximadamente 4.000 profissionais distribuídos em 13 Estados e Distrito Federal, 22 cidades e escritórios situados em São Paulo (sede), Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Joinville, Londrina, Manaus, Osasco, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São Carlos, São José dos Campos e Uberlândia. Acesse:  kpmg.com/BR

 


Grande - Catavento



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Qi
Mobile - Qi