Espetáculo O Reizinho Mandão registra lotação máxima Teatro Gravatá

O espetáculo O Reizinho Mandão apresentado pelo Projeto Fazendo Arte foi aclamado pelo público durante as duas sessões no Teatro Municipal Usina Gravatá. Pais, ex-alunos e autoridades lotaram as dependências do espaço e prestigiaram a apresentação baseado no texto da escritora Ruth Rocha e com adaptação da diretora artística do projeto Lene Pereira.

O Fazendo Arte construiu uma apresentação de 1h20 com 256 jovens das oficinas de teatro, musicalização e danças.  A diretora do espetáculo Lene Pereira destacou que a peça retratou um jovem príncipe mal-educado, mimado e imaturo e passou a cuidar do reino como bem-quisesse criando leis malucas e maltratando a todas as pessoas.

A notícia continua após a publicidade

Grande - Maria Bonita

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Maria Bonita

“Apesar do pouquíssimo tempo para montar, ensaiar O Reizinho Mandão conseguimos superar todas as dificuldades e mostrar um belíssimo espetáculo. Acredito que foi um dos melhores apresentados nestes 15 anos do Fazendo Arte. Foi um espetáculo divertido, porém com uma crítica social muito atual”, afirmou Lene.

Para a diretora, as pessoas precisam ver e refletir sobre a mensagem passada através do espetáculo. “Tenho certeza que o público saiu do teatro diferente depois de assistirem O Reizinho Mandão, é aí que a arte, que o teatro cumpriu a sua função”, afirmou.

A professora Lilian Coimbra prestigiou o evento destacou o empenho da equipe. “Aplausos de pé por todo o trabalho. Gratidão pelo que faz a estes jovens do projeto. Nossa cidade agradece. Parabéns a toda a competente equipe”, afirmou.

A coordenadora Lenir de Castro destacou a dificuldade da montagem do espetáculo e do empenho dos jovens. “Foi um grande sucesso o espetáculo, com superação dos alunos e da produção. Percebemos que as famílias estavam felizes e orgulhosas dos jovens artistas. Outro ponto positivo é a auto-estima dos alunos, que está lá cima, e o resultado fica maravilhoso porque os jovens são capazes, talvez se não fosse o projeto eles não teriam essa oportunidade de participar de um espetáculo como esse”, destacou.

Várias autoridades marcaram presença no evento. O deputado estadual, Fabiano Tolentino, além da vereadora Janete Aparecida.  Também estiveram presentes a secretária municipal de Educação, Vera Prado e o secretário Municipal de Desenvolvimento Social, Juliano Prado, Hamilton Moreira representando a Gerdau além do Superintendente Regional de Ensino, Silvio Faria Novais.

O Fazendo Arte está presente em 10 escolas do município e três núcleos beneficiando 1,5 mil jovens. Em 15 anos de atuação, foram 20 mil jovens atendidos nas oficinas.

O Fazendo Arte é patrocinado pela Gerdau por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. A gestão é da Associação Cultural de Educação Social e Artística (Acesa), com apoio da Prefeitura de Divinópolis, pelas Secretarias Municipais de Cultura (Semc) e de Educação (Semed). O Centro Diocesano de Divinópolis também apoia o projeto.

Fotos: Pablo Santos





Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Maria Bonita
Mobile - Qi