CATAVENTO - Gif

Na dança dos técnicos é chegada a vez do nômade

Após demitir Adilson Batista, o Cruzeiro oficializou agora pouco a contratação de Enderson Moreira, conhecido no futebol como um dos profissionais que mais rodaram nós últimos três anos

Mesmo com tantas discussões nos programas esportivos e resenhas entre fãs do futebol sobre o assunto, a dança dos bonés entre treinadores nos clubes brasileiros segue a todo vapor. Em cinco meses, Enderson Moreira era técnico do Ceará. Ceará demitiu o Enderson e trouxe o Adilson Batista. O Ceará demitiu o Adilson e trouxe Argel Fuchs. Adilson foi pro Cruzeiro. O Ceará demitiu o Argel e trouxe o Enderson. O Cruzeiro demitiu o Adilson e tirou o Enderson do Ceará.

 

Cruzeiro oficializa a contratação de Enderson Moreira, em suas redes sociais. Coincidentemente, o treinador substituía Adilson Batista no Ceará.

 

Sendo assim, o Cruzeiro oficializou a contratação do técnico Enderson Moreira. O anúncio foi feito agora pouco, na tarde desta quarta, (18), e o treinador já começa a trabalhar nos próximos dias no clube celeste. Com 48 anos e natural de Belo Horizonte, o comandante, que tem ganhado ares nômades, após se ligar e desligar de vários clubes num curto período de tempo, terá contrato no Cruzeiro até o final deste ano, com possibilidade de ampliação do contrato em caso de acesso à Série A do Brasileiro.

A notícia continua após a publicidade

CATAVENTO - Gif

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Cidade

Enderson Moreira chega para substituir Adilson Batista, demitido no último domingo, após derrota do Cruzeiro para o Coimbra por 1a 0, pelo Campeonato Mineiro. Será a primeira passagem de Enderson pelo profissional cruzeirense. O auxiliar-técnico Luís Fernando Flores, o preparador físico Edy Carlos e o treinador de goleiros Aíltom Serafim chegam à Toca da Raposa junto com Enderson.

O principal objetivo dele vai ser conseguir o acesso à Série A com a equipe celeste, rebaixado pela primeira vez na história no ano passado. Antes, terá que tentar inverter a desvantagem na terceira fase da Copa do Brasil, depois de ser golpeado por 2 a 0 para o CRB, em pleno Mineirão. No Campeonato Mineiro, faltando duas rodadas para o fim da fase de classificação, terá de ter bons resultados para chegar à semifinal, já que a Raposa está em quinto lugar (classificam-se quatro para as semifinais) e a três pontos do G-4. Enderson comemorou o retorno ao Cruzeiro (onde foi campeão da Copa SP em 2007) e disse que pode contribuir dentro desse projeto de reconstrução do Cruzeiro.

“Satisfação enorme de voltar ao clube que me deu a oportunidade de mudar de patamar. Estou voltando para um lugar em que tenho muito carinho e respeito. Sei que é um momento complicado para o Clube, mas acredito que eu posso contribuir para que a equipe possa dar uma resposta positiva dentro de campo. Nosso objetivo é ter um time bem organizado e que sabe o que quer.” comemorou Enderson.

Com o técnico, são esperados que venham para o Cruzeiro também o auxiliar Luís Fernando Flores (ex-jogador do Cruzeiro), o preparador físico Edy Carlos e o preparador de goleiros Aílton Serafim. Todos esses profissionais se desligaram do Vovô e seguiram com o treinador para BH.

Enderson já conhece o clube mineiro, pelo qual trabalhou nas categorias de base e foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2007, time que revelou talentos como o goleiro Rafael, atualmente no rival, e o meia Guilherme, que também passou pelo Galo. Naquele ano, o técnico trabalhou  ao lado de Ricardo Drubscky, que na segunda, (16), foi oficializado como o novo diretor de futebol do Cruzeiro. Os dois atuaram no América-MG, em 2017, quando o Coelho venceu a Série B daquela temporada.

Após passagem pela base do Cruzeiro, Enderson Moreira iniciou a sua trajetória no profissional, dirigindo: Ipatinga (2008), Internacional B (2009/11), Fluminense (2011), Goiás (2011 a 2013), Grêmio (2014), Santos (2014 a 2015), Athletico Paranaense (2015), Fluminense (2015), Goiás (2016), América (2016 a 2018), Bahia (2018 a 2019) e, por último, o Ceará. A volta a equipe celeste irá contabilizar o seu 13° clube e agora cabe ao belo horizontino ajustar os passos da raposa, para tentar se firmar no comando cruzeirense.

No Nordeste, Enderson Moreira fez 10 jogos neste ano pela equipe cearense. Foram seis vitórias e quatro empates. O treinador se manteve vivo na terceira fase da Copa do Brasil e estava em quarto lugar no Grupo B da Copa do Nordeste. No Cearense, ele era o terceiro colocado com 11 pontos.

Em sua carreira, Enderson conquistou três estaduais com o Goiás (2012, 2013 e 2016), além de dois títulos da Série B: um pelo Goiás (2012) e outro pelo América-MG (2017).


CATAVENTO - Gif



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Maria Bonita
Mobile - Maria Bonita