CATAVENTO - Gif
Mobile - Cidade

A grande surpresa das eleições para governador tem nome: Romeu Zema 43,27%

O candidato ao Governo de Minas Gerais pelo partido Novo, Romeu Zema, está no segundo turno com o candidato Antonio Anastasia (PSDB). Com 93% das urnas apuradas, a expressiva votação dos mineiros no primeiro turno em Zema – 3.822.236 votos, com 43,27% – neste domingo (7) surpreendeu o cenário político de Minas, pois todas as pesquisas divulgadas na semana passada indicavam um possível segundo turno entre Anastasia e Fernando Pimentel (PT).

Até 20h06, Anastasia tinha 2.568.014 votos, o equivalente a 29,01%; Pimentel, 1.996.003 votos, 22,6% dos votos. e Adalclever Lopes, 240.248 votos, 2,72%.

Virada

A notícia continua após a publicidade

Bolsonaro Grande

A notícia continua após a publicidade

Bolsonaro Mobile

Zema tinha 9% das intenções de voto no início da semana passada e, depois de debate na TV Globo, na terça-feira (2), após declarar apoio ao candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), chegou a 15% nas últimas pesquisas divulgadas na quinta-feira.

Romeu Zema, de 53 anos, é empresário e esta é a primeira vez que ele concorre a um cargo político. Dono do bilionário Grupo Zema, rede de varejo forte em Minas que tem 430 lojas e um faturamento de R$ 4,5 bilhões, Zema sempre atuou nos negócios da família e até poucos meses atrás era o presidente do conselho de administração do grupo, que atua em setores diversos: da moda aos postos de combustíveis, passando pelo carro-chefe que são as lojas de eletrodomésticos e móveis.

O senador Antonio Anastasia tem 57 anos, é graduado e mestre em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais. Iniciou a carreira política em 1991, quando assumiu o cargo de secretário-adjunto de Planejamento e Coordenação Geral durante o governo mineiro de Hélio Garcia. Em 1994, foi secretário de Recursos Humanos e Administração. Um ano depois, foi convidado para exercer o cargo de secretário-executivo do Ministério do Trabalho. Em 1999, tornou-se secretário-executivo do Ministério da Justiça, em Brasília.

Nos anos 2000, Anastasia retornou a Belo Horizonte e coordenou o programa de governo de Aécio Neves (PSDB) ao Governo de Minas. Com Aécio eleito, assumiu em 2003 a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão. Em 2008, com a reeleição de Aécio, se transformou em vice-governador. Em março de 2010, com a renúncia de Aécio para se candidatar ao Senado, Anastasia assumiu o cargo de governador. Nas eleições de outubro de 2010, foi reeleito para o cargo. Quatro anos depois foi eleito senador por Minas Gerais.

Na rodada do Bhaz de entrevistas com os candidatos ao governo de Minas, Zema falou dos seus planos para o governo do estado.

Apesar de convidado, o candidato do PSDB, Antonio Anastasia não compareceu.

 

“Bom é ganhar de virada” disse Pimentel às vésperas das eleições, petista sofreu derrota esmagadora, ficou com apenas 23,12% dos votos válidos.

 

 

Fonte: BHAZ


Bolsonaro Grande
Bolsonaro Mobile



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Qi
Bolsonaro Mobile