Grande - Catavento
Mobile - Policial

Homem acusado de enterrar menina de 5 anos viva começa a ser julgado

Foto: reprodução internet.

Alex Júnior Alexandre, 29 anos, acusado de matar a enteada Ana Clara, de cinco anos, em Carmo da Mata em 2016, e ainda enterra-lá viva, segundo a autópsia contatou,  começa a ser julgado hoje.

Um forte esquema de segurança foi montado para garanti o  Julgamento, que acontece no Fórum de Claudio. O quarteirão teve que ser fechado por agentes penitenciários e a PM, tamanha é a revolta da população em relação ao autor deste crime hediondo.

A notícia continua após a publicidade

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Qi

A menina de 5 anos sumiu no dia 12 de novembro de 2016, sendo vista  ainda com vida  em casa, na cidade de Carmo da Mata, na companhia, da mãe Marciana Pereira,  do irmão e do padrasto, Alex.

Segundo os autos do inquérito, após um desentendimento entre Alex e a mãe da menina, ele teria saído de carro levando Ana Clara para o povoado de  São Bento, em Cláudio. Lá, segundo as investigações, ele teria enterrado a menina ainda viva.

O Acusado,  diz que a culpa do crime teria sido da mãe de Ana Clara, que a teria agredido, puxando a menina pelo braço e fazendo com que ela batesse a cabeça em uma escada. Ainda segundo o acusado,  o fato aconteceu devido a menina ter deixado o filho dele, um bebê, cair no chão.

Alex ainda teria afirmado que teve ajuda de um comparsa para enterrar a menina, que no momento, segundo o que o acusado diz, estaria desacordada. Ele alegou desespero, ao ver que a menina estava desfalecida, tomando a decisão de enterra-la. O acusado pode pegar de 12 à 30 anos de cadeia.

Foto: reprodução internet.

 


Grande - Catavento
Mobile - Policial



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Maria Bonita
Mobile - Maria Bonita