Grande - Catavento
Mobile - Política

Medo do desemprego diminui para 65,7 pontos, informa pesquisa da CNI

Mesmo com a queda registrada entre setembro e dezembro, o indicador mostra que brasileiros estão inseguros com o mercado de trabalho. Satisfação com a vida também continua baixa

Entrevista coletiva de divulgação de pesquisa CNI – IBOPE de avaliação de governo. Renato da Fonseca, gerente-executivo de pesquisa e competitividade da CNI. Foto: José Paulo Lacerda

O Índice de Medo do Desemprego caiu para 65,7 pontos em dezembro de 2017 e ficou 2 pontos abaixo do registrado em setembro. Mesmo assim, continua muito acima da média histórica, que é de 48,8 pontos. Isso indica que os sinais de recuperação da economia ainda são insuficientes para afastar a insegurança dos brasileiros em relação ao emprego, informa a pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 5 de janeiro, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

“Em comparação com dezembro de 2016, o índice de medo do desemprego apresentou alta de 0,9 ponto, indicando persistência da insegurança em relação à recuperação do mercado de trabalho”, afirma a CNI. “O emprego reage à recuperação da economia de forma defasada. As empresas contratam somente quando têm segurança de que o crescimento será sustentado, pois elas arcam com custos de contratação e treinamento de novos trabalhadores, e com custos de demissão se a recuperação da economia não se sustenta”, explica a economista da CNI Maria Carolina Marques.

A notícia continua após a publicidade

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Maria Bonita

“A população percebe essa demora na reação do mercado de trabalho e o medo do desemprego continua elevado. À medida que o crescimento econômico se mostrar sustentado, o resultado no emprego deve aparecer com maior intensidade e o medo do desemprego deve ceder”, completa Maria Carolina.

A pesquisa também mostra que a satisfação com a vida diminuiu entre setembro e dezembro do ano passado. O Índice de Satisfação com a Vida atingiu 65,6 pontos em dezembro, 0,4 ponto menor do que o de setembro e inferior à média histórica, que é de 69,9 pontos.  O indicador ficou 1,2 ponto inferior ao de dezembro de 2016.

O levantamento foi feito entre 7 e 10 de dezembro de 2017 com 2 mil pessoas em 127 municípios.


Grande - Política
Mobile - Cidade



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Maria Bonita
Mobile - Maria Bonita