Grande - Política
Mobile - Política

Ministros do Supremo reclamam da greve dos caminhoneiros em vazamento de áudio

A greve nacional dos caminhoneiros chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF). Ao menos, virou pauta de um diálogo entre os ministros Gilmar Mendes e Celso de Mello durante a sessão desta quinta-feira (24/5).

A dupla conversava quando o plenário ainda estava vazio e em silêncio. Sem que os ministros percebessem, o diálogo foi captado (e vazado) pelos microfones da Casa. No áudio, publicado originalmente pelo site Jota e reproduzido abaixo, Gilmar Mendes desabafa: “Que crise, hein?”. E comenta o caos, presenciado pela mulher, Guiomar Mendes, que estava na rua. Celso de Mello completa: “É um absurdo, faz-nos reféns”.Ouça:

A notícia continua após a publicidade

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Maria Bonita

Posted by Guilherme Campos on Thursday, May 24, 2018

Logo após os comentários, o áudio do Supremo é cortado. Na sessão desta quinta-feira, os magistrados confirmarão Rosa Weber em sua vaga no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – a ministra deve conduzir a Corte durante as eleições de 2018.

País parado
A greve dos caminhoneiros entrou nesta quinta-feira (24/5) em seu quarto dia e se estende por quase todo o país (Distrito Federal e 25 estados). A categoria reivindica a redução no valor do combustíveis, incluindo baixa da carga tributária incidente sobre os derivados de petróleo, e vem negociando suas exigências com o governo federal – que, por sua vez, tenta pôr fim ao movimento paredista.

Fornecimento de produtos e serviços estão prejudicados: pelo país, já é registrada falta de combustíveis para aeronaves, ônibus do sistema de transporte coletivo e nas bombas dos postos de abastecimento, com disparada de preços.

 

Fonte: Metropoles


Grande - Catavento
Mobile - Cidade



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Qi
Mobile - Maria Bonita