Grande - Cidade
Mobile - Cidade

MP pede que Ciro Gomes seja investigado por injúria racial

O presidenciável chamou o vereador Fernando Holiday, um dos coordenadores do MBL, de “capitãozinho do mato” durante entrevista

Ciro Gomes

Ministério Público de São Paulo pediu ao Departamento de Polícia Judiciária da Capital (Decap) –vinculado à Polícia Civil – a instauração de inquérito para averiguar suposto crime de injúria racial por parte do presidenciável Ciro Gomes (PDT) contra o vereador Fernando Holiday (DEM), um dos coordenadores do Movimento Brasil Livre (MBL).

Segundo o MP, o pedido foi formulado no dia 12 deste mês. A Secretaria de Segurança Pública informou, no entanto, que a solicitação ainda não chegou ao Decap e o inquérito não foi aberto. O MP atendeu a uma representação do advogado Maurício Januzzi, do escritório Januzzi e Carvalho. A pena para o crime de injúria racial é de 1 a 3 anos de prisão mais multa.

A notícia continua após a publicidade

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Cidade

Grande - Catavento
Mobile - Cidade



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Qi
Mobile - Qi