Grande - Cidade
Mobile - Qi

O vício de Hitler em cocaína, seria essa uma das causas de sua “loucura”?

 

Hitler usava cocaína e ficou viciado em diversas drogas pesadas. É o que relata o pesquisador alemão Norman Ohler, autor de um livro publicado em 2016 que narra os vícios do líder nazista. O livro já se tornou um best seller na Alemanha e foi traduzido para 18 idiomas. Ohler baseou-se em vídeos, documentos, entrevistas e até nos diários dos médicos pessoais de Hitler.

O líder alemão injetava vitaminas para se sentir mais disposto. Depois passou para esteroides e hormônios para curar doenças. Por último chegou ao uso de cocaína e um derivado de heroína.

A notícia continua após a publicidade

Bolsonaro Grande

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Cidade

O vida do líder do regime nazista foi marcada pela rigorosidade. Adolf Hitler era altamente disciplinado e pregava abstinência de sexo, carnes e drogas.

Drogas na Alemanha Nazista

Viciados foram enviados para campos de concentração e o uso de drogas era relacionado com o judaísmo. No entanto, há evidências de que soldados do front recebiam metanfetamina para adquirir coragem.

Decisões de Hitler

Segundo Ohler, algumas decisões políticas de Hitler foram tomadas quando o líder nazista estava sob efeito da cocaína. Numa reunião pessoal com Benito Mussolini (líder italiano) para decidir a reta final da Segunda Guerra, Hitler chegou eufórico e falou por minutos de forma ininterrupta enquanto Mussolini não disse uma palavra. Segundo uma narração de Benito, era nítido que o líder alemão estava fora de si e sob efeito da cocaína.

Em vídeos é possível ver Hitler tremendo por causa da abstinência do uso das drogas. Mas mesmo que tenha sido intenso, o vício ocorreu na reta final de sua vida, em 1941, quatro anos antes de sua morte.

O livro de Norman Ohler abre mais revelações e mostra que os bastidores da Segunda Guerra Mundial ainda possuem muitos quadros obscuros.

 

 


Grande - Catavento
Bolsonaro Mobile



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Maria Bonita
Mobile - Maria Bonita