Grande - Cidade
Mobile - Cidade

Obras do Copacabana atende reivindicação antiga dos moradores, afirma Galileu

O prefeito de Divinópolis, Galileu Machado, comemorou, nesta quinta-feira (25/10), o início das obras da estação de tratamento de esgoto do bairro Copacabana. De acordo com o prefeito, a obra foi uma reivindicação dos moradores e é realizada pelo município.

A obra irá beneficiar diretamente mais de 500 famílias, que hoje convivem com fossas e custará R$ 335 mil. “É com muita satisfação que anunciamos o início dos trabalhos. Só mesmo quem conhece a realidade dos moradores do local para entender a grandiosidade dessa obra”, destacou Galileu Machado, lembrando que a obra era um compromisso assumido por ele com os moradores antes de ser reconduzido ao cargo de prefeito.

Segundo ele, foi fundamental a articulação com a Copasa na busca de uma solução para o problema. Galileu lembrou também que a decisão de executar a obra teve também o apoio de diversos segmentos sociais e também de representantes da nossa população. “É importante deixar isso muito claro: houve manifestação de muitas pessoas em apoio a essa obra. Não posso aqui cometer a injustiça com todos eles de dizer que a construção só aconteceu porque A ou B reivindicou ou falou disso”, ressaltou o prefeito.

A notícia continua após a publicidade

Bolsonaro Grande

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Qi

De acordo com ele, a principal reivindicação veio diretamente dos moradores. Qualquer outra informação nesse sentido pode ser tratada meramente como tentativa de tirar proveito político dessa importante obra.

Galileu Machado ressalta ainda que essa é mais uma ação para beneficiar os moradores do Copacabana. “Além da estação de tratamento, reativamos a escola do Cacôco, que atende as crianças do bairro, sem a necessidade de que elas tenham de ser trazidas para escolas mais distantes. Também já estamos preparando a construção da unidade de Estratégia de Saúde da Família, isso sem falar das ações de limpeza e melhorias que executamos no local”, comemorou o prefeito.

As obras se iniciaram com a terraplenagem e devem durar quatro meses. A previsão de entrega da ETE é no final de fevereiro, se o período chuvoso não for intenso. Após o processo de terraplenagem, que deve durar trinta dias, a próxima etapa será execução e instalação da fossa.

 

O prefeito de Divinópolis, Galileu Machado, comemorou, nesta quinta-feira (25/10), o início das obras da estação de tratamento de esgoto do bairro Copacabana. De acordo com o prefeito, a obra foi uma reivindicação dos moradores e é realizada pelo município.

A obra irá beneficiar diretamente mais de 500 famílias, que hoje convivem com fossas e custará R$ 335 mil. “É com muita satisfação que anunciamos o início dos trabalhos. Só mesmo quem conhece a realidade dos moradores do local para entender a grandiosidade dessa obra”, destacou Galileu Machado, lembrando que a obra era um compromisso assumido por ele com os moradores antes de ser reconduzido ao cargo de prefeito.

Segundo ele, foi fundamental a articulação com a Copasa na busca de uma solução para o problema. Galileu lembrou também que a decisão de executar a obra teve também o apoio de diversos segmentos sociais e também de representantes da nossa população. “É importante deixar isso muito claro: houve manifestação de muitas pessoas em apoio a essa obra. Não posso aqui cometer a injustiça com todos eles de dizer que a construção só aconteceu porque A ou B reivindicou ou falou disso”, ressaltou o prefeito.

De acordo com ele, a principal reivindicação veio diretamente dos moradores. Qualquer outra informação nesse sentido pode ser tratada meramente como tentativa de tirar proveito político dessa importante obra.

Galileu Machado ressalta ainda que essa é mais uma ação para beneficiar os moradores do Copacabana. “Além da estação de tratamento, reativamos a escola do Cacôco, que atende as crianças do bairro, sem a necessidade de que elas tenham de ser trazidas para escolas mais distantes. Também já estamos preparando a construção da unidade de Estratégia de Saúde da Família, isso sem falar das ações de limpeza e melhorias que executamos no local”, comemorou o prefeito.

As obras se iniciaram com a terraplenagem e devem durar quatro meses. A previsão de entrega da ETE é no final de fevereiro, se o período chuvoso não for intenso. Após o processo de terraplenagem, que deve durar trinta dias, a próxima etapa será execução e instalação da fossa.


Grande - Catavento
Bolsonaro Mobile



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Maria Bonita
Mobile - Maria Bonita