Grande - Policial
Mobile - Cidade

PM mata sete assaltantes durante troca de tiros. Armamento e explosivos foram encontrados

Polícia Militar acredita que os sete homens mortos em um confronto em Três Ranchos, no sudoeste goiano, iriam explodir e roubar uma agência bancária da região nesta segunda-feira (4). Segundo a corporação, o grupo estava fortemente armado e planejava assaltos em uma “base de apoio”, montada na zona rural da cidade. Quatro integrantes estão foragidos.

O major Durvalino Câmara Júnior, comandante das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), disse à TV Anhanguera que os 11 homens eram monitorados pela corporação há três dias. “As equipes de inteligência vieram, compartilharam informações com o policiamento local e conseguiram identificar a chácara”.

“Eles tinham quatro emulsões, quatro explosivos, que seriam utilizados, a gente acredita, de domingo para segunda-feira, devido às informações que nos levantamos no local com testemunhas e vizinhos”, disse o comandante.

O caso ocorreu na madrugada de domingo, em uma chácara, na zona rural de Três Ranchos. De acordo com a corporação, a troca de tiros ocorreu no momento em que a “base de apoio” para ações criminosas na região foi descoberta.

Os baleados chegaram a ser socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados para a Santa Casa de Misericórdia de Catalão, também na região sudeste do estado, mas morreram pouco tempo depois de chegar ao hospital.

Na base de apoio do grupo a corporação apreendeu 8 armas de fogo, um veículo roubado, além de explosivos e vários equipamentos que seriam utilizados nas ações.

Conforme informou a PM, as equipes policiais seguem na busca pelos demais integrantes do grupo, que conseguiram fugir.

Fonte: G1


Grande - Catavento
Mobile - Cidade



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Maria Bonita
Mobile - Qi