CATAVENTO - Gif
Bolsonaro Mobile

Prefeitura deverá cortas gastos, alegando que não recebe repasses do Governo

Prefeitura e Divinópolis esta começando uma grande mobilização para redução de custos, é o que foi repassado pela assessoria de comunicação municipal. Entre as medidas, estão o decreto de calamidade financeira e o corte de pessoal e de equipamentos.

De acordo com os dados da Secretaria Municipal de Educação (Semed), a dívida do Estado cresce gradativamente. No começo do ano, o governo mineiro devia R$ 75 milhões, e, em maio, o montante já saltava para R$ 85 milhões. Atualmente, a dívida é de quase R$ 100 milhões.

O maior valor devido ao município é para a saúde. Até o final de outubro, o governo de Minas deixou de repassar à Prefeitura a quantia de R$ 72 milhões.

A notícia continua após a publicidade

Bolsonaro Grande

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Cidade

Ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o Estado deve-lhe R$ 12,7 milhões. Somente juros e correções do Fundeb já somam R$ 1,1 milhão.


Grande - Catavento
Mobile - Política



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Qi
Mobile - Maria Bonita