Grande - Catavento
Mobile - Cidade

Prefeitura e Secretaria Municipal de Saúde reforçam medidas protetivas contra o Covid-19

Pessoas que forem vistas na rua serão abordadas pela Polícia Militar e deverão apresentar justificativas para não estarem em casa; A depender do descumprimento do Decreto Municipal, o cidadão poderá ser detido por 01 a 12 meses

Vinícius Xavier

O preocupante cenário epidemiológico vivenciado em Divinópolis é acompanhado com toda a atenção por parte do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus. Como nova medida preventiva, já é realizada, a partir de ontem, (23), a abordagem de transeuntes nas ruas para verificação de necessidade da circulação. A ação será realizada pela Policia Militar e conta com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com o secretário de Saúde Amarildo Sousa, a partir de amanhã, (24), ficam permitidos os serviços considerados essenciais, ou que colocam em perigo a sobrevivência, a saúde e a segurança da população. Dentre eles, estão permitidos:

A notícia continua após a publicidade

CATAVENTO - Gif

A notícia continua após a publicidade

Mobile - Cidade
  • Assistência à saúde, incluindo serviços médicos e hospitalares;
  • Atividades de segurança privada;
  • Serviço de transporte público de passageiros e transporte de passageiros por táxi e aplicativos;
  • Telecomunicações e internet;
  • Serviços de atendimento por telefone na modalidade call center;
  • Distribuição de gás;
  • Cadeia de produção, distribuição, comercialização e entregas realizadas presencialmente ou por meio do comércio eletrônico de: medicamentos, produtos de saúde, higiene, alimentos e bebidas;
  • Serviços funerários;
  • Guarda, uso e controle de substâncias radioativas de equipamentos e materiais nucleares;
  • Vigilâncias e fiscalizações sanitárias;
  • Prevenção, controle e erradicação de pragas e controle de doença dos animais;
  • Inspeção de alimentos de origem animal e vegetal;
  • Controle de tráfego aéreo, aquático ou terrestre;
  • Compensação bancária (redes de cartões de crédito e débito);
  • Serviços postais, transporte e entrega de carga em geral;
  • Serviços relacionados à tecnologia da informação e de processamento de dados;
  • Transporte de numerário;
  • Produção, distribuição e comercialização de combustíveis e derivados;
  • Mercado de capitais e seguros;
  • Cuidado com animais em cativeiro;
  • Oficinas mecânicas e borracharias;
  • Restaurantes em pontos de parada nas rodovias;
  • Atividades agrossilvipastoris e agroindustriais;
  • Indústria de base;
  • Construção civil, desde que, exclusivamente voltada para edificação da área de saúde;
  • Mototaxistas não poderão realizar transporte de pessoas, ficando limitados ao transporte de cargas;
  • Os estabelecimentos não contemplados no presente artigo e que se dediquem à locação de maquinários e equipamentos de qualquer espécie irão dispor do prazo de 48 horas a contar da publicação do decreto, para providenciar o recolhimento dos respectivos bens;
  • Os restaurantes, bares, lanchonetes e similares funcionarão na modalidade de entrega ou retirada da encomenda no estabelecimento respeitando o distanciamento em fila.
  • Os ônibus de transporte urbano e rural deverão circular apenas com passageiros sentados, sendo vedado a diminuição de horários e linhas.
  • Ficam cancelados sem previsão de outra data as comemorações do dia 1º de junho (aniversário da cidade) e todo e qualquer festejo ligados a rodeios e cavalgadas no município.

Janice Soares, diretora da Vigilância em Saúde, usou a oportunidade para reafirmar a necessidade da população divinopolitana ficar em casa. De acordo com a diretora, o Covid-19 já está em todo Brasil. Por isso, Divinópolis já está no estágio 3 de contaminação, que é o mais avançado, o que demanda maiores precauções sanitárias.

“Temos que ficar atentos e tomar todas as medidas de precaução. Pedimos encarecidamente às pessoas para se conscientizarem, a coisa é séria, complicada. Claro que muitos vão passar por esse contágio e vão ter sintomas leves. Mas temos pessoas que vão precisar ser hospitalizadas”, ressaltou. O novo decreto deve ser editado e publicado ainda nesta terça, (23).

Neste momento de isolamento domiciliar, em detrimento da disseminação da Covid-19, é fundamental a conscientização de todos os cidadãos. Os agentes militares estão sob comando de abordar os indivíduos nas vias públicas e questionar os motivos de estarem lá. Caso a pessoa não apresente justificativa condizente às diretrizes de segurança da saúde pública, poderá ser multada ou detida. O prazo de detenção varia de um a doze meses.

Divinópolis foi classificada como “Zona de Transmissão do Coronavírus” e desde então, a gestão municipal não mede esforços para garantir a efetividade das medidas de prevenção, garantiu o Secretário Municipal de Saúde, Amarildo de Sousa. “É preciso nos unir e fazer o necessário para que a pandemia seja amenizada na cidade. Não é fácil, mas é uma fase crítica de contenção ao vírus”, explicou.


Grande - Cidade
CATAVENTO - Gif



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Maria Bonita
Mobile - Qi