Grande - Qi
Bolsonaro Mobile

Uma boa parte da história do Brasil foi-se embora nas chamas que consumiram o Museu Nacional

O Ministério da Educação vai destinar R$ 10 milhões para reformas emergenciais do Museu Nacional, informou nesta segunda-feira (3), o ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva, que visitou o imóvel, na zona norte do Rio de Janeiro. Outros R$ 5 milhões serão disponibilizados depois, para a realização do projeto de reconstrução do prédio. “A reconstrução do prédio deve demorar de três a quatro anos”, estimou o ministro. Uma boa notícia é que pesquisadores do Museu Nacional nutrem a esperança de que parte do acervo, justamente peças mais raras e valiosas, possa ter sido salva do fogo dentro de cofres e armários de aço especiais. Entre essas, está o crânio de Luzia, o fóssil humano mais antigo encontrado no Brasil, com mais de 12 mil anos. A comoção com o incêndio fez manifestantes lotaram a Cinelândia, no Centro do Rio, em protesto contra a falta de recursos para o Museu Nacional. O prédio histórico, que teve boa parte de sua estrutura consumida por um incêndio na noite deste domingo, 2, completou 200 anos em junho. A estimativa é de que até 90% de seu acervo tenha sido queimada.


Grande - Catavento
Bolsonaro Mobile



Você também vai gostar Mais deste autor

Comentário

Carregando...
Rodapé - Maria Bonita
Mobile - Maria Bonita