Digiqole ad

Com erros de arbitragem e expulsão de Lisca, Raposa derrota o Coelho no Horto

Lances de um pênalti não dado para o mandante do jogo e outro assinalado equivocadamente para a equipe celeste, interferiram no resultado

 Com erros de arbitragem e expulsão de Lisca, Raposa derrota o Coelho no Horto Lances de um pênalti não dado para o mandante do jogo e outro assinalado equivocadamente para a equipe celeste, interferiram no resultado

Em um jogo recheado de equívocos de arbitragem, Rafael Sobis (pênalti) e Manoel marcaram para a Raposa, enquanto Anderson Jesus descontou para o Coelho no placar de 2 a 1. O resultado mantém a chama acesa, ainda que distante, da ambição pelo acesso cruzeirense. Na bronca com o apito, o rival continua na segunda posição da Série B do Brasileiro. (Confira os melhores momentos da partida com os gols e os lances polêmicos)

 

 

Os primeiros 45 minutos foram de nervos aflorados entre os jogadores. O América pediu mão na bola de Adriano, mas o árbitro não assinalou. Marcou infração em cima de William Pottker, dentro da área. Sobis foi para a bola e abriu o placar. Lisca não conseguiu segurar a insatisfação e, de tanto reclamar, foi expulso. À frente do placar, o Cruzeiro conseguiu controlar a partida, sem correr grandes riscos, enquanto o América pecou na hora de dar o último passe. Chegou mais com perigo com Felipe Azevedo, no fim da etapa.

O segundo tempo começou com o Cruzeiro pressionando bastante. Tentou uma, duas e, na terceira, marcou com Manoel, após cobrança de escanteio. Com vantagem no placar, a Raposa recuou e chamou o América para o campo de defesa. O Coelho se aproveitou e, em um lance pelo alto, Anderson descontou na partida. A partir de então, o América foi em busca do empate, tentando pressionar. Recuado, o Cruzeiro conseguiu resistir às investidas e segurou o placar, conquistando outro bom resultado fora de casa.

A equipe celeste manteve o bom momento como visitante. São seis jogos sem derrota na Série B, com quatro vitórias e dois empates. Desempenho de 77,7% neste período. O time venceu o primeiro clássico no ano.

Erros de arbitragem prejudicaram o América

O América-MG saiu na bronca com a arbitragem. E com razão, segundo Paulo César de Oliveira, da Central de Apito, da Globo Minas. O comentarista de arbitragem da emissora afirmou que marcaria pênalti no lance em que a bola bateu na mão do volante Adriano e que não apontaria infração do zagueiro americano Messias no atacante cruzeirense, William Pottker, que resultou no pênalti convertido em gol do Rafael Sobis. Por causa das reclamações, o técnico Lisca foi expulso.

Sequência da competição

Na 26ª rodada, o América-MG visita o CSA, sábado, às 18h30 (de Brasília), em Maceió. O time continua em segundo lugar, com 44 pontos. A vitória fez o Cruzeiro subir uma posição. Agora está em 15º lugar com 31 pontos. Também no sábado encara o Brasil de Pelotas, às 21h, no Mineirão.

Digiqole ad
Avatar

Redação Cidade Divinopolis

VEJA O QUE JÁ FOI NOTÍCIA...