Digiqole ad

Levantamento aponta retração na pedida de seguro-desemprego por parte dos divinopolitanos em 2020

No acumulado do ano foram 10.437, contra 10.602 solicitações de pedidos de seguro desemprego em 2019, o que representa uma retração de 1,56%

 Levantamento aponta retração na pedida de seguro-desemprego por parte dos divinopolitanos em 2020 No acumulado do ano foram 10.437, contra 10.602 solicitações de pedidos de seguro desemprego em 2019, o que representa uma retração de 1,56%

Apesar de todas as dificuldades enfrentadas em 2020, Divinópolis fechou o ano com queda no número de pedidos de seguro-desemprego. No acumulado do ano foram 10.437, contra 10.602 solicitações de pedidos de seguro desemprego em 2019, o que representa uma retração de 1,56%.

De acordo com os dados da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, compilados em relatório do Instituto Vitaltec, apresentado à CDL Divinópolis, o indicador vem registrando tendência de queda desde abril deste ano, em Divinópolis e a partir do mês de setembro, todos os pedidos quinzenais de seguro desemprego ficaram abaixo de 400, e muito abaixo dos 823 registrados em abril, ápice da crise econômica gerada pelo Covid-19 e inferior à média do mesmo período de 2019.

Na segunda quinzena de dezembro, a cidade registrou 282 solicitações de seguro desemprego contra 371 da segunda quinzena de novembro, retração de 23,9%.

A análise anual também revela a melhora no mercado de trabalho formal, uma vez que no mesmo período de 2019 foram feitos 329 pedidos queda de 14,2%. A última quinzena de dezembro também teve o segundo menor número de solicitações de todo o ano.

Observando-se por estado, os pedidos de seguro-desemprego em Minas Gerais em 2020 somaram 761.471 de janeiro até dezembro de 2020, ficando atrás apenas de São Paulo, que registrou 2.040.688 requerimentos.

Os indicadores no Brasil não são animadores. Na segunda quinzena de dezembro de 2020 o número de solicitações de seguro desemprego no Brasil totalizou 197.188 pedidos. Na segunda quinzena de novembro foram registrados 241.843 requerimentos, queda de 18,4%. No mesmo período do ano de 2019 foram feitos 193.340 requerimentos, aumento de (2%).

Dados do Ministério da Economia apontou que em 2020 foram registradas 6,784 milhões de solicitações do seguro-desemprego, um aumento de 1,9% em relação a 2019, que teve 6,655 milhões de pedidos no país.

Durante todo o ano de 2020 o setor terciário, composto pelo comércio e serviços foi o segmento econômico que mais apresentou solicitações, sendo os serviços com a maior parcela 40,9%, o comércio com 26,6%, seguido pela indústria 17,11% e construção 9,33%.

Digiqole ad
Avatar

Redação Cidade Divinopolis

VEJA O QUE JÁ FOI NOTÍCIA...